Amigos

Amigo

Existe um Coala que vez e outra me faz chorar...

Rodrigo Robleño

Demorou, mas saiu o número dois dessa série, que é tão importante e marcante para mim. Se você está chegando agora, por favor, leia a número um, para acompanhar melhor. Nessa edição, homenageio a pessoa que viabilizou a idéia inicial: Rodrigo Robleño.

Claro! Sem dúvidas! Eu que não serei tachado de esquisito!

Melhor atribuir a esquisitice a um ente querido, um parente, um amigo, a pessoa mais próxima.

Dhay Araújo

Essa é a primeira publicação de uma série de homenagens que farei. Como primeira, tenho que falar sobre a primeira pessoa que contatei, se dispondo completamente a comparilhar dos meus planos de vir morar em São Paulo: Dhay Araújo.

A primeira conversa por telefone começou mais ou menos assim: